As hormonas femininas têm sido vistas como vilãs já faz tempo, e sua flutuação chegou a ser vista como uma doença (a chamada histeria). As mulheres eram consideradas não aptas para trabalhar por terem menstruação e porque, diziam, serem emocionalmente instáveis. Controversamente, a pílula hormonal veio para permitir trabalhar, na maioria das vezes como um homem, mas com um custo terrível. A saúde das mulheres e a sua de-feminização.

Nos artigos que escrevi sobre a pílula podem saber mais sobre este assunto. Neste artigo o foco é:

  • Será possível ter flutuação hormonal (que nós queremos!) e ainda assim não sermos vistas como emocionalmente instáveis, hormonais e afins?
  • Se tivermos hormonas e consequentemente esta flutuação, sofreremos de temperamento pré-menstrual?

A palavra resiliência significa

“Capacidade de superar, de recuperar”

Portanto resiliência hormonal significa capacidade de superar estas flutuações de forma a aproveitarmos os aspetos positivos (mais à frente) e sabermos cuidar de nós para não sofrermos com os aspetos negativos.

Porque queremos ciclo hormonal?

Se tens ciclo menstrual então significa que tens flutuações hormonais. Durante o teu ciclo (a cada 21 a 35 dias) as hormonas vão variar de concentração para que possas ovular. Sim, o objetivo de “tudo isto” é ovular. Mesmo que não queiras engravidar, ovular significa que estás saudável. Se o teu corpo não tem flutuações significa que não ovulas ou seja, o teu corpo está a lidar com um problema demasiado sério para “pensar” em procriação.

Resumidamente, nas duas primeiras semanas o teu estrogénio sobe a pico e faz-te sentir maravilhosa, feliz, capaz de tudo. Com a ovulação, que ocorre ± ao 14 dia de cada ciclo o estrogénio desce e a progesterona começa a subir. Sem ovulação a progesterona não é produzida. Ela faz com que os efeitos da subida e descida do estrogénio não sejam tão fortes. Ela equilibra o sistema nervoso e estimula a produção de GABA (Ácido gama-aminobutírico) –  um neurotransmissor capaz de acalmar o stress. A progesterona é um anti-inflamatório natural, previne cancro da mama, protege contra doenças cardíacas, promove um bom sono e ajuda e construir músculo. Tantos benefícios! E há mais que não posso escrever mais.

Flutuação do estrogénio e progesterona no decorrer do ciclo:

Outro grande benefício da progesterona é que suprime o estrogénio, o qual é aquela amiga que queremos ter por perto mas que perde o controlo facilmente. O facto de termos ambas as hormonas por mês, não faz com que tenhamos apenas um balanço hormonal mas sim uma vida equilibrada. O benefício vai mais além do que pensamos. Ora vê: o estrogénio estimula o crescimento de peso, gordura e até cancro de mama. A progesterona estimula a perda de peso e crescimento de musculo, protege do cancro da mama ao equilibrar o estrogénio e ajuda a emagrecer. O estrogénio faz com que a atividade da tiroide diminua enquanto que a progesterona faz com que aumente.

Sendo assim, como fica quando não se ovula e não se produz progesterona? Bom, o estrogénio fica em altas, o mês todo. E perguntas tu agora: Então e não é maravilhoso sentirmo-nos sempre em altas? Tudo tem um dá e tira. Se releres o parágrafo acima perceberás que estrogénio sempre em altas leva a inflamação, maior probabilidade de cancro de mana, peso, gordura etc.

Ok, se já concordas comigo em quão bom é ter um ciclo menstrual então estamos no mesmo piso. É que eu amo ter o meu ciclo e ser saudável, mas não gosto nada quando dias antes de menstrual fico irritada, com os peitos a doer, inchada, esquecida, com dores de barriga, dor-de-cabeça… os sintomas são tantos!

Não tem que ser assim. Apesar de ser algo muito comum não tem que acontecer e eu já experienciei isto.

Uma reeducação é tudo o que precisamos e quando passamos a saber mais sobre nós tudo muda. Pequenas mudanças que podem fazer diferença fisicamente, emocionalmente e finalmente tornar-te resiliente.

Todas as pessoas deviam ser educadas a conhecer e tratar do seu corpo para tirar melhor partido dele. Aqui falaremos de como impedir os sintomas que aparecem antes da menstruação e não sermos consideradas temperamentais por causa das hormonas. Ao reeducar-nos nós podemos, como mulheres, escolher qual o melhor dia para uma entrevista, para um discurso emocional e motivador, para meditar na perfeição e até como não engravidar, com o método natural de fertilidade o qual tem uma percentagem de falha de 0,6 % (pilula tem 0,3 %). Etc. Etc. Talvez no futuro escreva mais sobre como usar este ciclo em nosso favor e também sobre o método de fertilidade natural o qual dá para prevenir gravidez e também para quem quer engravidar.

Para sermos resilientes a nível hormonal nós temos que ter flutuações e compreender estas, como algo natural e benéfico na nossa vida. Com esta aceitação podemos nos adaptar a cada fase, principalmente para não sofrermos de síndrome pré-menstrual.

Reeducação para uma vida sem Síndrome pré-menstrual

Como dito anteriormente é preciso ovularmos para gerar progesterona. Mesmo ovulando a quantidade que produzimos e como a hormona comunica e age no corpo é afetada por outras causas. Sintomas de baixa progesterona (para quem sabe que ovula e tem ciclo) são muco fértile durante a semana antes do período, sangramento leve e escuro antes do período ou períodos muito fortes ou longos.
Os sintomas pré-menstruais são muita vez sintomas de baixa concentração de ambas as hormonas.

Inflamação

A progesterona é um anti-inflamatório natural. Quando ela baixa no fim do ciclo, a inflamação pode aumentar e levar a sintomas dolorosos e chatos. Por isto, é importante se sofres de sintomas pré-menstruais que principalmente durante os dias antes do período:

  • evitar comidas inflamatórias (lacticínios de vaca, glúten, açúcar);
  • reduzir o consumo de álcool;
  • reduzir o stress (bom motivo para uma caminhada, uma massagem etc);
  • Exercitar

Isto é o core para que os sintomas desapareçam. Em casos mais extremos pode-se suplementar com magnésio, selénio (rica fonte: castanha-do-brasil / castanha-do-pará), Vitamina B6.

Estabilizar o Estrogénio

Se o teu corpo produzir pouca progesterona, o estrogénio pode estar mais alto do que devia e isso causar os sintomas. Ajuda diminuir ao máximo a quantidade de plástico em contacto com a comida e fazer o mesmo que na inflamação (em cima).

Aqui, também ajuda reforçar com iodo e probioticos. O motivo dos probioticos é que existe uma bateria no nosso intestino que provoca a reabsorção do estrogénio e precisamos impedir esta bactéria com uma boa flora intestinal. Um fito-nutriente (Glucurate) encontrado nas laranjas e brócolos também ajuda para que não haja esta reabsorção.

Tratamento específico por sintomas:

Peito: Se este é o teu maior sintoma, podes beneficiar muito numa suplementação de iodo (baixas doses e apenas para quem não tem problemas de tiroide). Se só ocorre por vezes, adiciona comidas com grande teor de iodo.

Borbulhas: Reduzir ao máximo as comidas inflamatórias (Glúten, lacticínios de vaca, açúcar e álcool). Pode-se suplementar com zinco.

Dor de cabeça ou enxaquecas: Enxaquecas são muita vez desencadeadas com a descida de estrogénio e por isso ocorrerem tanto nos dias pré-menstruais. O tratamento natural envolve evitar glúten, suplementar com magnésio glycinate, B2 (ovos, brócolos , suplementação), Creme de inhames.
Se as enxaquecas aparecem no fim da menstruação : Ferro pois são devido a deficiência de ferro.

Cansaço: Evitar lacticínios de vaca. Tomar magnésio, B6, Ashwaganda, Rhodiola.

Desejo de doces: Primeiro, é normal sentir mais fome quando as hormonas descem por isso, come mais. Como a progesterona está ainda mais alta que o estrogénio queima-se mais calorias e não há stress. Evita ao máximo comer açucares já que estes aumentam todos os sintomas pré-menstruais. Além disso dorme o suficiente (super importante principalmente nesta fase), come proteína.

Alguns sintomas desaparecem com apenas uma hora de alteração de dieta ou suplementação.

Por fim, e se pensarmos que os sintomas são motivos de gratidão? O teu corpo está a falar contigo e com o conhecimento que agora tens podes responder-lhe.

És homem e queres saber algo sobre hormonas nos homens? Aqui.

@Ana.

Algumas fontes:

  • Livro Period Repair Manual – Natural Treatment for better hormones and better periods – Lara Briden.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: