Amígdalas, remover ou não

Resolvi estudar e aprender sobre as amígdalas porque várias crianças que amo tiveram que se submeter a uma cirurgia para as remover. 

O que chamamos de amígdalas, são tonsilas palatinas também chamadas de amígdalas. Existem outro tipo de amígdalas que estão no cérebro e que nada tem a ver com aquelas bolas que se formam quando nos constipamos. A operação é um procedimento fácil, mas, será que são assim tão desnecessárias? E, porque inflamam ao ponto de terem que ser retiradas? 

Primeiro que tudo, o que são? Elas são os guardiões da galáxia do nosso corpo. Fazem parte do sistema imunitário, linfático e, basicamente dizem ao nosso corpo o que passa à entrada deste. Quando comemos ela identifica se o que comemos precisa ou não de uma resposta imunitária e principalmente se existem lá bactérias e vírus a “abater”. Conseguimos viver sem elas porque o nosso corpo é espetacular e consegue safar-se mesmo sem esse pré-aviso. No entanto esta primeira barreira existe por algum motivo e se conseguirmos compreender o que fazer para os nossos filhos não necessitarem de ficar sem elas, melhor! Este artigo vem também em resposta de uma mãe que passou por isso e me disse que quando soubesse mais e pudesse ajudar para partilhar, publicar para que não acontece-se com outras crianças e mães, desnecessariamente. 

Ao retirar as amígdalas (entendam sempre amígdalas pelas amígdalas localizadas na boca), estaremos a tratar um sintoma ou a causa? Elas são muito sensíveis, incham, magoam por coisas simples mas o nosso interior não e depois de as tirarmos não vamos ter nenhum indicador tão bom que algo está a acontecer mal…talvez vale a pena uma dieta de intolerâncias alimentares, fazer um exame e testar porque de certeza que algo se passa. Pode nem ser algo mau que estamos a dar, pode ser algo que está em falta como vitamina C ou D. 

Pode parecer estranho falar de alimentação quando na verdade pode tratar-se de bactérias e vírus só que, tem muito a ver. A mesma bactéria pode causas o inchaço das amígdalas a uma criança e a outra não. Isto porque o sistema imunitário de uma está mais forte que a outra e mesmo em pequeninos o sistema imunitário é auxiliado ou negligenciado pela alimentação. Talvez uma alimentação fermentada poderá ajudar a alterar isto pois incluirá boas bactérias que fortalecem o sistema imunitário. 

É verdade que as crianças sofrem mais porque tudo é novo e o sistema imunitário está a desenvolver-se. Até o processo acabar podem inchar tantas vezes e criar problemas respiratórios que tornam necessária à sua remoção. Irei abordar este assunto mais à frente. É importante fazer o possível para não chegar a este ponto, perceber as causas e atuar sobre elas. 

Eu sei, 

Não é fácil encontrar a raiz de um problema de saúde, também não é extremamente difícil e vale a pena tentar. Neste processo de descobrir qual a causa do problema vai haver algumas falhas, aqui o truque é aprender a cada uma delas…portanto se mesmo com o vosso esforço a criança tiver as amígdalas inchadas façam para tratar o sintoma de forma natural que é o modo que o corpo reconhece e não gera nenhuma resposta autoimune. Como escrevi anteriormente pode tentar saber se existe alguma intolerância ou alergia alimentar por exame ou retirando ingredientes à vez e observando o resultado. Outro ponto será fazer exames com um médico em quem confie e que não queira “resolver” o problema da forma mais fácil. 

Pode descobrir a causa à primeira e o problema ficar resolvido, se isso não acontecer não desespere (expecto se a a criança correr risco) e faça alguma das dicas abaixo (todas naturais): 

Mel

honey-823614_640

Este é bem conhecido. Quem é que ainda não se meteu a comer mel por estar constipado? O mel inibe certas bactérias e até vírus de se reproduzirem e nos causar doença, por isso ele ajuda a lutar contra a inflamação e infecção. Se ao mel juntar-se outro alimento como o alho, vai ser uma bomba, um xarope natural.

Honey-And-Garlic-1

Água com sal 

Garguejos com água e sal ajudam a purificar e limpar a zona onde as amígdalas se situam, além disso acalmam-nas. As crianças vão gostar de fazer “bolhas” com a boca. 

Limão 

O limão é um alimento super poderoso e muito multifacetado. Além de ajudar imenso na digestão , ele também ajuda a lutar contra uma infecção. Sumo natural de limão é uma boa opção e não há mal de beber o quanto desejar. Pode misturar-se com sumo ou pode fazer-se uns pickles de limão. 

Cúrcuma 

A cúrcuma está na moda. Os seus poderes anti-inflamatórios têm-se mostrado muito dignos da fama e apesar de eu achar que alguns super alimentos para uma pessoa não vão ser para outra, vale a pena tentar. Uma colher de café num copo quente de bebida de amêndoa quente é o suficiente para uma boa luta contra uma infecção na garganta, nomeadamente nas amígdalas. 

Infusões 

Existem muitas plantas que se podem usar. Gengibre e casca de cebola são duas delas. Há que ser criativo e se houver resistência por parte da criança a tomar alguma infusão dar-lhe outra ou meter um pouco de limão ou mel. Vocês têm o poder para ver o que faz melhor à vossa criança também. 

  

Nem todos os remédios naturais acima vão funcionar para uma criança, talvez nenhum deles funcionem. Caso isso aconteça pode sempre pesquisar em outros bons sites e/ou deixar um comentário. Lembrem-se que o importante é ajudar a criança até que encontremos a causa para que deste modo deixemos de atuar sobre o sintoma, que é a inflamação das amígdalas. Se perceber que ao retirar leite pasteurizado a criança não tem mais a inflamação e ao introduzir volta, então o seu filho/filha não pode beber esse leite. 

Hoje em dia, muitas crianças acabam por desenvolver problemas respiratórios, que são um risco por causa de uma constante inflamação na garganta e nestes casos os médicos acabam por submetê-las à cirurgia para remover as amigdalas e/ou raspar as adenoides. As adenoides são também tecido linfático semelhante as amígdalas. Algumas das crianças chegam mesmo a sofrer de apneia do sono então a cirurgia trará qualidade de vida e em casos em que a criança está em risco é uma possibilidade. Para mim, esta deverá ser a última das possibilidades, depois de já ter-se experimentado tudo e nada funcionar. Sinceramente acredito que depois se retirar comidas inflamatórias, adaptar-se à alimentação da criança para comidas naturais e não processadas como bolachas a cirurgia nunca acontecerá. 

Se foram ou forem pela via da operação cirúrgica, há a necessidade de terem consciência da decisão que estão a tomar. 

Acredita-se que as células do sistema imunitário chamadas células T podem também formar-se nas amígdalas. Estas células são muito importantes contra doenças, mesmo contra o cancro. 

Existem crianças que após cirurgia começam a ter outros sintomas permanentes como catarro, olheiras etc. Algumas engordam muito.

Em conclusão, a cirurgia deveria ser considerada uma última opção para que se trate a causa e não o sintoma. Ao fazer-se poderá estar a “encobrir as pistas do crime”. 

Caso já tenham feito, 

Não entrem em pânico agora que já está. Acredito que fizeram o melhor que sabiam na altura. Agora precisam estar mais atentas a outros sinais, precisam de educar as vossas crianças para uma alimentação natural, equilibrada e com verdes. Fortaleçam o sistema imunitário das crianças mesmo sem estarem doentes para terem resistências quando tiverem. O sumo de limão não precisa ser só para quando se está doente. Eu sei que muitas pessoas e muitas mães vão dizer que é muito amargo e é. Mas, todos os sabores são importantes e é uma questão de hábito. Pode colocar um pouco de mel e ir tirando aos poucos. 

 

@Ana

Algumas fontes:

Natural news article
Remoção das amígdalas aumenta o risco de excesso de peso
Health News Digest – Tonsils may be important after all printer
Entre outras.

One thought on “Amígdalas, remover ou não

  1. Pingback: Açúcar ou Mel

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.