Este assunto assusta-nos um pouco porque disseram-nos que não é para se falar. Depois o que é que o sexo tem a ver com saúde? Muitos de nós temos problemas no segundo chakra onde está a nossa energia sexual. Por causa disso desenvolvemos um desequilíbrio e desenvolvemos doenças físicas.

Muitos de nós rejeitamos esta ideia de energia e chakras. Não coloquem já uma barreira à mensagem que vos quero transmitir. Pensem que são compostos da alma, algo bom. Afinal nós não conhecemos muito da alma,certo? Talvez ela esteja em todo o nosso ser, revestindo-nos, como uma aura de energia, a nossa energia. Talvez até seja eletro-magnetismo, certo é que existe. Durante a minha formação superior tive uma disciplina chamada bio-eletricidade, onde aprendi que com a energia gerada pelo intestino é já possível manter um coração artificial a bater.

abba1801924744568ce9b970553f278f--solaris-haku

Agora que percebemos a importância na nossa energia sexual, percebemos também a importância do nosso ser sexual. Vivemos reprimindo-o. Como escrevi aqui, saúde holística olha o indivíduo como um todo e a parte sexual não fica fora.

Porque reprimimos o sexo?

Nós, como sociedade fomos condicionados de um certo modo para que não saiamos “de controlo”. É como um jardim zoológico onde os animais tem tudo o que precisam, excepto liberdade. Fomos condicionados maioritariamente pela igreja a ver o sexo apenas como um ato reprodutivo, mas, não é apenas reprodutivo. É saudável.

Crê-se que a energia sexual é a energia que nos dá mais força e poder. Reprimindo-a e desequilibrando-a ela fica inútil para nós. Então não se trata apenas de saúde física. Também é saudável a nível emocional e espiritual. A melhor comparação para ilustrar isto é quando querem que o touro fique manso cortarem-lhe os órgãos sexuais. Nós não fomos fisicamente capados mas muitos fomos educados a agir reprimindo o nosso sexo.

Eu não estou apenas a falar do ato sexual em si. Estou a falar da energia criada pelo nosso sexo. Um touro não ganha força apenas no ato, ele é forte. Até lhe tirarem a sua fonte de energia.

A minha experiência

Eu fui criada e educada no meio de uma igreja que me deu coisas boas e más. Uma das más foi a nível sexual. Ensinaram-me que é algo que se deve ter vergonha a falar (e ninguém quer sentir-se envergonhado então não se fala) e onde se trata o assunto como tabu.

Sinais de que temos um desequilíbrio na energia do sexo são :

  • Medo de sermos violados ou agredidos sexualmente;
  • Medo de nos expressarmos de forma autentica;
  • Medo de estarmos a ser demasiado sensíveis;
  • Pouco apetite sexual;
  • Dificuldade em sermos criativos e espontâneos.

Um bom teste é olhar para a relação passada com o parente do mesmo sexo. Por exemplo, quando menstruaram quão difícil foi dizer a vossa mãe?

As mulheres são reprimidas pois tem que ser umas senhoras. Algumas de nós até a fazer sexo com o marido tem alguma dificuldade em não se sentir mal ou repugnadas. Existe a crença em muitas de nós que sexo é pecado. Se fosse pecado porque é que tinha sido criado para nós? É o mesmo que dizer que respirar é pecado. como? Pois. Nós mulheres conseguimos ser mais reprimidas que os homens neste sentido. Levámos com muita informação de que uma senhora não fala sobre e não faz coisas que uma senhora não deve. Depois há homens que acreditam que se amam uma mulher não podem fazer certas coisas e adivinhem? Homens vão a p***s e há infidelidade entre casal por reprimirmos aquilo que é nosso, por prenda da Natureza.

Mais,

A nossa energia sexual exprime-se de forma diferente entre mulheres e homens. Os homens são rápidos, efusivos. As mulheres mais lentas. Isto é um dos principais pontos pelo que a mulher tem mais dificuldades com o sexo. Pensam demais, em vez de se entregarem. E porque não conseguem se entregar? Porque causa da repressão que tem.

Isto está a ser de alguma forma desconfortável de ler? Ainda bem. Está a ser desconfortável de escrever também. Montes de artigos online a explicar como levar a mulher ao climax, posições, isto e aquilo quando a verdade é esta:

Enquanto a mulher não equilibrar a sua energia sexual, deixar de acreditar no que lhe foi ensinado e sarar-se não vai haver nada, nem ninguém que lhe dê prazer.

Sendo a energia dos homens mais fugaz, estes chegam mais rápido ao climax…deixando muita vez a mulher ainda no início. E se muitas de nós já temos pouco apetite sexual, assim, ficamos sem nenhum. Nós mulheres temos “portas” que os homens devem querer abrir. Aprendi isto na medicina chinesa : Os homens devem equilibrar a sua energia sexual para não serem tão rápidos, treinando o pénis. As mulheres devem equilibrar a sua energia sexual para se entregarem sem receios de serem demasiado sensíveis e também fortalecer os músculos da vagina para perderem menos energia (principalmente depois de ser-se mãe). As mulheres têm como que portões de energia que não devem ser tocados antes do anterior ser aberto. Isto para que ambos os participantes usufruam da experiência e a mulher não sinta dor ou desconforto. O clitóris é o primeiro.

É por isto que,

Uma mulher tem vários tipos de orgasmos. O mais profundo, chamado uterino diminui bastante a possibilidade de cancro de mama e útero. Após o parto, ao amamentar o bebé, o útero contrai e dilata, voltando ao sítio naturalmente. Essas contrações acontecem também durante este orgasmo e são super saudáveis.

Homens precisam de se importar com isto. Pode parecer muito trabalho mas as vossas mulheres vão estar mais saudáveis e ter mais apetite sexual. Vão parar de dizer que não porque também vão passar a sentir-se bem e vão parar de se sentir reprimidas.

O ato sexual não é uma experiência só sexual. Gera-se compaixão, amor, liberdade, criatividade e é por isso que lhe damos tanta importância. Até pode gerar vida. É espiritual. Duas almas juntam-se.

Outro pormenor que acontece por estarmos reprimidos sexualmente e que já referi é não nos entregarmos completamente a outra pessoa. Quando isto acontece só pensamos é dar, dar, dar. Precisamos nos permitir receber. Render-nos à ideia que a outra pessoa gosta de nós, quer mesmo nos dar prazer e por isso podemos confiar e relaxar. Quando isto acontecer, não estranhem se ficarem demasiado sensíveis ou até chorarem ao sentir que aquilo está a ser especial. Estão a libertar-se e isso é bom. Se o vosso companheiro não perceber e se assustar expliquem-lhe.

Será que vale a pena? Bem, quem não gostaria de se sentir mais alegre, mais saudável, ter melhores relações.

Muitas das pessoas viciadas em pornografia também estão reprimidas sexualmente e precisam curar-se.

O artigo chama-se cura sexual porque quem pensaria que se tivéssemos reprimidos sexualmente teríamos problemas de saúde? O sexo cura-nos e faz-nos estar bem connosco próprios. É uma parte essencial do seu humano.

Dicas para equilibrar o 2º chakra:

  • Fazer algo criativo e espontâneo como por exemplo dançar 1 música ou cronometrar 30 segundos por dia a ser totalmente loucamente livre em movimentos. Façam o que o vosso corpo vos apetecer durante 30 segundos: saltar, abanar a cabeça, gargalhar…
  • Fazer exercícios que abram a zona pélvica. Exemplo:
51e8b2bc60985fcdb56f5c5a2f10e0ec
Baloiçar as pernas na posição
  • Fazer sexo saudável, sem pressa, objetivos ou fins;
  • Relaxar;
  • Dizer as verdades, mesmo que choquem alguém . ” A verdade vos libertará”

Se, de algum modo esta mensagem fez-vos sentido partilhem isto com o vosso companheiro. Afinal, são uma equipa.

@Ana. Eu não estou a dizer que o que escrevi é a verdade absoluta. Só estou a expressar, estudar, partilhar e a perguntar convosco e para vós.

Tenham um ótimo novo ano 2018.

Anúncios

2 comentários

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.