Uma história sobre a terceira idade

 Este blogue é sobre saúde. Saúde holística que como já referi tem muitas componentes como:

  • Saúde Neuromuscular, fisiológica, física
  • Saúde energética
  • Saúde psicológica

 Somos tudo isto e mais.

 Se uma das “componentes” está débil, doente todas as outras vão entrar em desequilíbrio e não poderemos ter uma vida plena.

 Quero contar-vos uma história.

 Duas pessoas, ambas na sua terceira idade encontraram-se. Amigas, já não se viam fazia algum tempo e uma delas estava entusiasmadíssima por ter a companhia da amiga. Eu sei que tanto uma como outra gostavam de estar juntas mas enquanto que uma mostrava energeticamente e se expressava a outra calada, só apreciava (Personalidades). Vou dar-lhes nomes fictícios. Chamar-lhes-ei Aurora e Beatriz. A Aurora é a menos faladora e a Beatriz a entusiasmada. Foi a Aurora que foi fazer a surpresa/visita a Beatriz por isso, ela queria mesmo estar com a sua amiga! Passaram a tarde juntas e o que aconteceu lá dentro eu não sei. A Beatriz fez um lanche e ficaram juntas toda a tarde.

 Após isto, a Aurora confessou-me que estiveram a comer pão com ovo, no Alentejo chamamos fatias de ovo e café. Com interesse sobre isto e sobre a atitude das mulheres perguntei que idade tinham. A Aurora por volta de 85 anos e a Beatriz por volta de 91… fiquei perplexa. Afinal a Beatriz era mais velha e, não parecia. Ela ainda estava em casa porque consegue fazer tudo sozinha e tinha uma energia radiante. Na verdade, eu daria uns 80 a Beatriz e ok, 85 à Aurora. Como é que aquela senhora de 91 anos, que come pão e bebe café ainda tem uma vida tão completa e sem se queixar a toda a hora? Pus-me a pensar nisto durante o caminho. 

 Por algum motivo a Aurora ficou incomodada, secalhar a minha energia sobre elas e meio que se chateou pela minha curiosidade, queria paz, sossego e confessou-me chateada que queria era morrer. Então aí fez-se luz. Ela disse aquilo por estar incomodada e chateada mas para mim aquilo explicou a diferença entre as duas pessoas em questão. 

 Uma desistiu da vida, a outra não. Isto é saúde mental, espiritual também. As duas pessoas em questão são só exemplos do que acontece. Elas tinham personalidades diferentes, as vidas tinham sido diferentes, mas uma continuava na luta e a outra tinha desistido. Vejam só, quão importante é a saúde mental, emocional, espiritual. Ambas com saúde física acima da média para as suas idades (principalmente a Bia) mas uma vive, outra só está…perdida e não percebe que tinha muito ainda para viver e aprender. 

 Mais, a Beatriz continua a ter o seu quintal com os seus legumes, frutas e claro trabalho. Isso dá-lhe foco. Trabalho é bom. Opa, se é. Trabalho é algo maravilhoso, maravilhoso. Dá-nos foco, vida, objetivos. A frase que me esforço para ter sempre em mente é:

” Tu estás a crescer ou estás a morrer”

 Esta frase é valida para qualquer idade, crescer mantem-nos saudáveis. Mesmo comendo pão e bebendo café, o corpo daquela senhora de terceira idade está em equilibrio pelo que a terra onde ela trabalha lhe dá e pela vida que ela possui. A saúde mental, o querer viver, agarrar a vida é tão importante e podemos ver isso nesta história. 

 Quero ser/estar cheia de energia boa, como a Beatriz.

 @Ana

 E não é que enquanto escrevo isto encontro um artigo inspirador sobre a terceira idade? Trata-se de uma senhora chamada Täo Porchon-Lynch, podem ler aqui:

Professora de ioga com 98 anos

yogitimes-tao-4

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s