A mentira da Gordura Saturada

salad-816968_640

 Eu como bochechas de porco, cozinho em banha quando a tenho e como já escrevi, amo leite cru. Isto, choca algumas pessoas.

 -O quê? Comes bochechas de porco? Vais de um extremo ao outro. Ou tudo saudável ou é logo bochechas de porco com tanta gordura.

 -mas, quem disse que gordura faz mal?

 Todos pensamos gordura igual a aumento do colesterol e aumento do colesterol igual a doenças coronárias e/ou osteoporose, mas será assim? Onde começou essa crença? De onde vem e em que se baseia?

 A teoria por trás chama-se hipótese lípidica. Lípidos são compostos químicos , onde se engloba as gorduras.

 A teoria lípida foi proposta por Ancel Keys em 1950. Foi também ele que criou a dieta K-ration e mediterrânica. A dieta K-ration era uma dieta para alimentar os soldados na segunda guerra mundial, consistia em enlatados. A dieta mediterrânica nós conhecemos bem! Considera-se que era a dieta por volta dos anos 60 em Itália, Espanha e Grécia e um facto curioso é que, Portugal foi deixado de fora da lista porque o Salazar não quis que Portugal fosse incluído na “dieta dos pobres”. A dieta mediterrânica publicada por Ancel dizia que, na pequena vila italiana perto de Naples (Pioppi) as pessoas tinham grande longevidade porque comiam vegetais, azeite e peixe, não tendo problemas cardíacos. É verdade. Só que também comem coalhada de leite, iogurte, queijo cru,alguma carne e vinho. Naquela pequena vila pescadora, onde o alimento mais ao alcance estava no mar os organismos adequaram-se a isso, mas ainda assim comem gordura e gordura saturada, de origem animal.

 Ancel publicou outros estudos e teorias, tal como o seu seguidor Nathan Pritikin. Teorias que falavam sobre a importância de comer comida crua, não processada e evitar a todo o custo açucares e farinhas refinadas. É de salientar que estas pesquisas não tiveram tanto impacto como a teoria lípida e tudo porque se tornou uma questão de negócio e não de saúde. Pritikin teve leucemia e suicidou-se em 1985. Este acontecimento teve o seu porquê. Existe uma imensa relação entre a gordura e a saúde do nosso cérebro, intestino e…depressão. Explico mais à frente.

 O que aceitamos hoje em dia como certo é que quanto menos gorduras saturadas comermos menos colesterol se tem e que é o colesterol que se sedimenta nos vasos sanguíneos, entupido-os.

 Por outro lado,

 Houve um dentista (Weston A.Price) que nos anos trinta decidiu viajar pelo mundo para perceber os hábitos alimentares dos povos fora da “sociedade moderna”. Como médico dentista focou-se muito nos dentes e porque é que nesses povos não havia cáries, um quadro completamente diferente do que se passava(e passa) no país de onde vinha, os Estados Unidos da América. Ele percebeu instantaneamente que nesses povos se valorizava as gorduras animais e que para eles eram absolutamente necessárias para a saúde. Notou também que todas as dietas primitivas que conheceu continham comida crua : Animal e vegetal. Na viagem contemplou quarenta grupos diferentes e eles eram livres de doenças crónicas, doenças mentais e livres de deterioração dentária.

Realmente, mortes por ataques cardíacos são recentes na história da humanidade tanto que é considerada uma das causas de morte da atualidade mesmo, as pessoas tendo tanto cuidado com as gorduras saturadas. Nos séculos passados lemos que as pessoas morriam de pestes e doenças advindas de higiene mas hoje em dia conseguimos combater essas questões. Hoje em dia temos uma civilização que se diz ser mais moderna mas que tem uma população doente. Pessoas têm alzheimer, depressões, enxaquecas crónicas. O que são enxaquecas crónicas? Creio que as pessoas tem cuidado, elas preocupam-se e realmente, compram produtos que dizem ser baixo em colesterol, gorduras etc.

 Tenho escrito várias vezes GORDURA SATURADA mas ainda não disse o que são na verdade. Gorduras dizem-se saturadas por uma questão química das suas moléculas, que estão mais ou menos saturadas por átomos de hidrogénio. Química à parte, gorduras saturadas são as gorduras que estão sólidas à temperatura ambiente,podendo ser elas de origem animal ou não. Dou o exemplo do óleo de coco e palma. Existe ainda gorduras poli-saturadas:Azeite (exemplo), gorduras mono-saturadas e trans que se encontram em alimentos como margarina e não são naturais.

 No corpo, uma refeição com gordura significa que terás um consumo de energia mais prolongado ou seja, a absorção e digestão da comida é mais lenta e isso faz com que o corpo não tenha que criar picos de insulina pelo excesso de açucares. As gorduras estão presentes maioritariamente com as proteínas (tudo o que mexe, mais “frutos secos” e abacate) e as proteínas são como os “burros de carga” , levando para o nosso organismo nutrientes como vitamina A, E,D,K, zinco, selénio, etc.

 E o que é o colesterol? É um álcool produzido pelo organismo e indispensável para nós, humanos. Ele ajuda na fabricação da bílis, é importante no metabolismo de muitas vitaminas e é o principal percursor das hormonas e vitamina D. O colesterol também está intimamente ligado com a formação das nossas células, regulando a sua fluidez a várias temperaturas etc.

 Outro grande papel do colesterol é no cérebro. Ele é fundamental para a memória. Cerca de 25% do colesterol produzido pelo organismo está no cérebro, principalmente na bainha da mielina que é, nada menos que uma substância gorda e branca existente nos neurónios e que ajuda na passagem das sinapses ( as mensagens). Sem mielina ou com esta fraca, as sinapses tornam-se lentas e ineficazes e isto mostra o porquê de baixo colesterol ser hoje apresentado em vários estudos como a causa da grande demência do Alzheimer.

Comparação Visual à mielina:

medusa

 E se, o colesterol é um sintoma e não uma doença?

 Uffe Ravnskov é um médico e cientista dinamarquês que quando surgiu a hipótese lípida ficou perplexo por nada nos seus estudos e práticas médicas mostrarem que o colesterol prejudica-se o ser humano. Deixo-vos aqui o link de uma entrevista dele para que possam perceber o seu ponto de vista: Entrevista revista Ativa .

 Sabiam que o leite materno tem uma grande proporção de colesterol e contem mais de 50% das suas calorias como gorduras? Tanto o colesterol como as gorduras são essenciais para o crescimento dos bebés e crianças porque o colesterol é alimento para o cérebro.

 É verdade que o ser humano é muito mais do que um padrão. Cada pessoa, consoante as suas origens e histórico beneficia mais de um certo alimento e “passa mal” com outro. Por isso é que acho que existe a grande diversidade de alimentos que contêm os mesmos nutrientes, para cada um ter o seu grupo de alimentos pessoais. Sabe-se que, asiáticos toleram menos produtos lácteos que os europeus mas contrariamente beneficiam mais dos cereais.

 Este artigo é para aquelas pessoas que gostam de gordura mas reprimem o seu instinto. Somos diferente, portanto ninguém sabe quantidades certas. O teu corpo sabe! Confia nele.

 Em suma, com o meu estudo retiro que:

  • Comer gordura saturada não faz aumentar o colesterol;
  • O colesterol é necessário para a saúde, principalmente a mental;
  • O colesterol é um sintoma, o organismo precisa de produzir mais por causa de falta de comida nada nutritiva etc.

 Todas as gorduras são importantes. Cada tipo tem portanto um papel e comer muito ómega-3 não vai substituir a falta da gordura da carne vermelha.

Avocado, Food, Nutrition, Organic

 Sinto que este assunto é tão graaaande que dá para fazer outros artigos mais específicos mas queria realmente mostrar que, nem tudo o que nos dizem é linear.

 E não, não vão ficar assim:

walrus-518233_640

Gordura não causa pneus. A gordura do corpo é causada por excesso de carbohidratos, o corpo vai guardando pedacinhos da maior fonte de energia, para quando precisar. Nunca precisa.

 Boa passagem de ano.

@Ana

6 thoughts on “A mentira da Gordura Saturada

  1. Esta questão das gorduras e do colesterol é uma batalha que ando a travar há algum tempo. Recebo muitos utentes a dizer que compram medicamentos naturais, sobretudo à base de extractos de arroz vermelho (custam mais de 30€ cada embalagem), porque o colesterol está 10 unidades acima do que devia (a diferença entre ter 200 ou 210). Numa esfera mais privada tenho tentado incutir nas pessoas que o colesterol não só não é inimigo, como necessário. Como dizes, é importantíssimo para as bainhas de mielina e o envio eficaz de sinapses nervosas, como quem diz, as mensagens do cérebro. Mas mais importante ainda: o colesterol é a estrutura das nossas células! Sem colesterol a célula colapsa e imaginem um prédio a ruir! É basicamente isso. Portanto, em vez de se preocuparem com comprimidos de arroz ou outros similares, deviam fazer actividade física (tema para outra conversa) e ter uma alimentação regrada. De certeza que o colesterol entra nos eixos e melhora muitos outros aspectos.
    Apoio a 100% o que disseste em relação às gorduras. Não fazem mal nenhum! Só que as pessoas exageram sempre e aí reside o mal.
    Quanto à necessidade de hidratos de carbono… temos que falar sobre isso 😀 😀
    beijinho

    Liked by 1 person

  2. Pingback: Pele seca
  3. Pingback: Arquivo 2016

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s