Depilação

sincro14

 Mulheres tem uma relação amor-ódio com cabelos. Amamos mudar de visual: pintar, cortar, deixar crescer, etc. Só que no que diz respeito ao cabelo que cresça fora da cabeça é um problema. E é um problema que começou a ser sentido à muito muito tempo atrás. Na verdade, existem registos e figuras marcadas em pedra mostrando que já no Egipto as mulheres removiam os cabelos indesejados. As técnicas foram várias, desde utilizar gordura de hipopótamo, instrumentos (Exemplo estrigil) etc.

estrigil
Estrigil. (Reparem que a mulher à vossa direita está a depilar o braço).

 A história da remoção de pelo conta curiosidades como a dos homens romanos também se depilarem e que na idade média era pecado com pena de morte pois era fruto da vaidade.

 Quero aqui perceber qual o impacto de conhecidas técnicas de depilação na nossa saúde e dar algumas ideias para remover o pelo de forma natural.

 Começo pelas duas técnicas que quero estudar e perceber os prós e contras.

depilacao-com-cera-quente

 A cera,

 Todas as mulheres conhecem estes utensílios e é, quando à pressa não temos que ir comprar aquelas bandas comerciais que não tiram nada. Só irritam, ou pelo menos a mim irritam.

 Na depilação a cera o pelo volta a crescer e pode ficar a meio do caminho, na derme. Isto cria pelos encravados e quistos que podem ter que ser removidos através de microcirurgia. Os pelos encravados, característicos da cera acontecem porque:

  1. As sucessivas sessões tornam os pelos mais fracos;
  2. A direção do pelo muda.

e estes novos amigos não conseguem perfurar a pele.

 Existe quem acredite que depilação a cera é muito agressiva e que, principalmente nas axilas pode causar graves consequências. No entanto, na minha pesquisa não encontrei nada que comprove isto e diz-se na verdade, ser um mito. Que doí, doí! O pelo é abruptamente arrancado desde a raiz.

 Outro aspeto da depilação feita com cera é que deixa a pele sensível, não devendo esta ser exposta ao Sol. Também só se deve voltar a colocar cera na mesma região passado 1 mês (também soube recentemente!).

 Ora, em suma, a cera é uma técnica centenária, que elimina os pelos puxando-os pela raiz. Não interfere com a saúde interna, mas, sendo agressiva deixa a pele sensível podendo manchar se não houver cuidados. Para não causar queimaduras não se aconselha colocar cera muitas vezes no mesmo sítio, o que faz com que os teimosos fiquem lá e raramente a zona fique perfeitamente depilada.

 O Laser,

 Para vos falar sobre a depilação a laser quero primeiro explicar o que é a radiação laser. LASER é a sigla para light amplification by stimulated emission of radiation, que em português significa amplificação da luz por emissão estimulada da radiação. Esta radiação tem características muito específicas e uma delas permite-lhe sair de forma recta em direção ao pelo. Por isto muitas vezes é chamado de feixe de lápis.

 Durante o processo natural de envelhecimento, as fibras tendem a ficar desorganizadas e a perder a capacidade de contração e relaxamento. A ação do raio laser faz com que estas fibras sejam estimuladas a se reorganizarem permitindo em certos casos até um rejuvenescimento da pele.

 O Laser elimina o pelo porque este tem o que se chama de melanina, que é o que dá a cor ao pelo. Por existir a melanina, é possível para o laser fazer o seu trabalho. É o mesmo princípio que as blusas pretas absorverem mais os raios solares e aquecerem. Neste caso aquece a ponto de destruir a raiz do pelo. Inicialmente o tratamento baseava-se a pessoas de pelo escuro e pele clara pelo que acabei de explicar. A pele clara, não absorve a energia e não sofre danos. É importante referir que o laser para não ser prejudicial tem que ser de luz visível, consequentemente de comprimentos de ondas entre os 400–780 nanometros. Antes será ultravioleta e depois deste comprimento é infravermelho. Digo esta informação porque há uma grande aderência a esta técnica e com tanta produção destas máquinas, o controlo pode não ser perfeito. Como os restaurantes que vimos fechar.

 Pelo que parece e faz lógica a depilação a laser não é prejudicial porque afinal, trata-se da radiação visível e para nós, diária. Por ser em feixe, consegue tratar o pelo. É como colocarmos a luz toda duma grande sala num saco de padeiro e de repente ela sair disparada. Acredito que não tem problema porque são pulsos reduzidos, que se fossem mais tempo aqueceria toda a pele. E que interiormente não faça conflitos no organismo.

 É, no entanto, errado dizer que é definitiva. Apenas, ao eliminar o folículo, a raiz do pelo o ciclo de crescimento altera-se e alguns nascem muito finos, outros demoram imenso tempo, por isso ser quase definitiva. Se existir um desequilíbrio hormonal o laser pode não ter o efeito desejado.

 Vou colocar aqui alguns dos equipamentos usados e, as suas potências.

Laser

Potência

Alexandrite

755nm

Soprano XL

810nm

Light Sheer

1100nm

Milesman

810nm

Nd.YAg

1064nm

Parece que a técnica é segura, não afeta o sistema hormonal e é superficial. Portanto:

9087a045fa06ccff00e1c1115fddf6e1
Mantêm-te calma e remove os pêlos a laser

Acabado o estudo das técnicas vou agora falar-vos de como depilar com ingredientes naturais.

Métodos Naturais

Será possível? Acredito que sim e o que estou aqui a escrever vou experimentar em mim, com toda a certeza. Quando tiver resultados faço um novo artigo a falar-vos deles.

Depilar com ingredientes naturais elimina qualquer possibilidade de queimaduras, sensibilidades, manchas, é mais económico e pode ser uma experiência diferente na nossa vida.

Como as técnicas que falámos, fazer depilação com ingredientes naturais também não é definitivo porque, não existe tal coisa. Mesmo os métodos mais eficazes após anos precisam de “manutenção”. Pode, no entanto, o método natural ser bastante eficaz e duradouro sendo que, qual o método com maior resultado vai mudar de pessoa para pessoa. É importante experimentar até encontrar o melhor método.

Método # 1 (a experimentar)

Ingredientes:

  • Farinha de grão de bico;
  • Curcuma;
  • Leite, preferencialmente cru.
without-the-play-button-1
Melissa Ramos – Health coach.

 Basta juntarem os ingredientes e colocar na zona. Pode ser preciso fazer uns dias seguidos para se notar resultados, MAS, é também nutritivo e portanto um 2 em 1.

 Existe muitas outras receitas de máscaras e também métodos para fazer cera com ingredientes naturais. A receita que apresento aqui é um exemplo para que possam também experimentar.

 Depois digo mais.

 @Ana

2 thoughts on “Depilação

  1. Pingback: Arquivo 2016

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s