Leite, Milk, Milch. Cru

 O que é o leite eu não preciso explicar. Certo? Bom, mas cá vai uma definiçãozita: Leite, é a bebida que é produzida no corpo de uma fêmea, nas suas glândulas mamárias e a sua principal função é nutrir o recém-nascido. O “leite” de amêndoa, “leite” de soja etc, são, na realidade bebidas vegetais e não leites. Estas bebidas são saudáveis, tendo que haver o cuidado de beber após serem feitas tal como os batidos para que seja nutricional e não só açúcar.

 O leite “animal” contêm proteínas, minerais, bactérias amistosas, vitaminas, lipídeos e água. E hoje em dia, é pasteurizado.

 Pasteurização: Processo de aquecimento de um alimento a temperaturas suficientemente altas para que assim os micro-organismos morram. No caso do leite:

uht-milk-vs-pasteurization
74C – 10-20segundos – Leite pasteurizado; 138c – 3 segundos – Leite Ultra Pasteurizado.

 Na pasteurização o leite é levado a altas temperaturas e logo a seguir arrefecido também de forma drástica.

 Todos sabem que quem mostrou ao mundo este processo foi Louis Pasteur, ele teve cinco filhos dos quais 3 morreram por salmonela. Depois disto, ele decidiu resolver o problema da salmonela e de todas as outras doenças causadas por germes. Ele, não inventou a pasteurização e não seguiu as etapas necessárias em investigação. A pasteurização tem pelo menos cem anos antes a sua descoberta. No seu leito de morte admitiu Pasteur admitiu:

“O terreno é tudo, o germe não é nada. Bernard tem razão “

 Esta foi a resposta a outro cientista (Claud Bernard) que dizia que depende do terreno. O que é o terreno? Achei em primeiro que seria o sistema imunitário, mas vai muito além disso. O terreno fica para explicar detalhadamente em outro artigo mas tem haver com o indivíduo. Cada um de nós é um terreno.

 Voltando ao leite, vi um estudo feito nos EUA entre 1998 e 2011 indicando que de todas as pessoas que bebiam leite cru houve as que sentiram alguma má disposição, 1300 adoeceram, mas só 250 necessitaram de hospitalização e destas 2 morreram. Estas pessoas, como Claude Bernard afirmava podiam já estar doentes e as bactérias fizeram o seu papel. O papel que a Natureza deu aos pequenos seres que resistem à nossa inteligência: degradar mais e transformar tecido doente. Parece drástico ou chocante, portanto vamos seguir em frente. O que quero transmitir é que, andamos a beber um leite quase morto, que não nutre o nosso corpo por medo. Só nos enchemos, não nos alimentamos e isso tem consequências…corpos doentes.

vacas
Animais bem tratados, alimentados com a sua dieta natural dão-nos o verdadeiro leite.

 Outra discussão atual sobre o leite é, se o devemos beber. Há muitas pessoas alérgicas e intolerantes e bem, já não somos recém-nascidos. Os leites crus contêm as bactérias necessárias para digerir as proteínas do leite. Contêm as chamadas bactérias bífidos ativas que ajudam na digestão do leite e de outros alimentos. Estas bactérias não são habitantes usuais do nosso intestino, sendo bom repô-las. Uma forma disso é bebendo, portanto, o leite cru. Outro aspeto é que o cálcio no leite pasteurizado, que tanto vemos nas publicidades, fica “desmembrado passando a ser um cálcio diferente daquele que o nosso organismo tem “nos ossos” . Em suma,

 Leite cru:

  • Tem bactérias que ajudam na digestão;
  • Contem cálcio igual ao dos nossos ossos;
  • De um animal saudável dá-nos proteínas, vitaminas, minerais, água, enzimas;
  • É um alimento vivo;
  • Tem ótimo sabor.

 

 Agora fica na decisão de cada pessoa. O ser humano primordial bebia leite da vaca, cabra etc e eram homens robustos, fortes e mulheres também. Talvez os outros animais não o bebam porque não o tem e nós, andamos a matá-lo. Porque não experimentar? Eu experimentei. Mnhamiiiii

20160706_134552
O meu leite.

 

 Descobri que na minha aldeia natal existe recentemente um produtor de leite de cabra. Que sortuda que eu sou. O leite soube-me bem e percebi que o pessoal que trabalha lá o bebe, o que me dá confiança. Senti-me muito bem.

 

Mente aberta, @Ana

5 thoughts on “Leite, Milk, Milch. Cru

  1. Pingback: Arquivo 2016

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.